Prazer, Eu Sou um Consultor!

Em um simples bate papo, quando se fala em consultor, muitas pessoas, e até mesmo, profissionais de RH e empresários têm na sua cabeça a palavra "VENDEDOR". Mas, erroneamente, esse termo não se refere nem à profissão de vendedor, representante comercial, profissional de vendas e nem à consultora que representa um determinado produto.

Pessoas mais esclarecidas sabem exatamente a diferença entre Consultor e Vendedor. Nossa ideia de Consultor é a de um profissional que tenha atuado em área específica de algum segmento de indústria, serviços, comércio. Por exemplo, ele pode ter atuado em Administração de Relações Humanas, Finanças, Marketing, Vendas, Custos, Tecnologia de Informações e outras. Ou pode ser um profissional com perfil generalista, que tenha atuado em diversas áreas e tenha adquirido um pouco de conhecimento de cada área. Sendo assim, ele é um consultor diferenciado.

Consultor é o profissional que, por seu saber, sua experiência, é procurado para dar ou fornecer consultas técnicas ou pareceres, a respeito de assuntos relativos a sua especialidade, ou aquele contratado, com o propósito de ser o consultor da empresa, respondendo por quase todos os departamentos. Um servidor de pareceres universais, um gestor de qualidade, desenvolvimento, de pessoas, de negócios, de integração, ou seja, o homem da confiança de todos. O consultor deve possuir um perfil de atuação especifica ou não que orienta e fornece conhecimentos com alternativa de alcançar um objetivo de forma mais eficaz do que vem sendo feito, capaz de diagnosticar erros, avaliar profissionais e orientá-los de qual a melhor maneira de alcançar os objetivos da organização.

Como se Tornar um Consultor?

Para se tornar um Consultor, é necessário domínio e experiência na área em que se pretende dar consultoria. Para isso, é preciso pelo menos 12 (doze) anos de experiência profissional, dentro do ambiente organizacional. O bom Consultor é o que viveu do lado de dentro da empresa. Teoria só não basta, tem que se ter prática na área em que se pretende dar a consultoria. Se não fosse assim, qualquer universitário que se forma poderia fazer um MBA e estaria apto a exercer a diretoria de qualquer empresa.

Mas sabemos que a teoria é muito boa, é o que se aprende na faculdade, mas, a prática se vive no dia-a-dia, atuando-se, experimentando-se e vivenciando os desafios com a maior naturalidade possível. Em determinado momento da vida, esse profissional pode decidir atuar como Consultor Independente. Ele pode ser contratado por uma empresa, para atuar em um projeto específico, como o de estruturação ou reestruturação de algum departamento ou na área ou na empresa em geral.

O Consultor é o profissional que entende muito do que se faz na prática e na teoria. E essa experiência, ele jamais copia, ele adquire ao longo de sua vida profissional. Encara situações, cria soluções e por criar, ele cobra, e pratica automaticamente uma gestão própria, onde colaboradores e diretores se associam nas mudanças, buscando-se os mesmos objetivos. Afinal, experiência tem preço, ou vocês acham que aprendem em uma universidade?

Experiencias e Características de um Consultor

Uma coisa vocês podem ter certeza, os problemas de uma empresa ou de uma equipe não se resolvem com "palestras motivacionais", elas só servem mesmo para início e término do trabalho. Isoladas, não resolvem absolutamente nada. Tudo pode parecer fácil para esse profissional contratado como Consultor. Não vamos questionar aqui a sua capacitação técnica e habilidades para conduzir seu trabalho, pois espera-se que quem o contratou tenha avaliado antes e ele consiga obter resultados com isso. O que queremos comentar é quanto à postura que ele adota dentro da empresa que o contratou. E essa deve ser a parte mais delicada e complicada de seu trabalho, uma vez que poderá ser uma forte barreira à obtenção de resultados para o seu trabalho.

Ao longo desses passos, dentro desta profissão, em ser um consultor, aprendi que as características de um consultor é praticar uma gestão, e fazer com que todos também praticam gestão, incorporando-se os processos, praticando uma boa comunicação, aproveitando-se as experiências e traçando-se os mesmos objetivos, fazendo com que todos estejam juntos, em busca dos resultados. É a grande palavra: conscientização, conscientizando-se todos em busca de resultados, lucratividade e crescimento.

Um abraço!


Acácio Alves - Consultor na empresa CDE Consultoria, Presidente do GPS Grupo de Prestadores de Serviços Gestão 05/2013 a 05/2014